Início Livros O diário de uma psicóloga sem fronteiras

O diário de uma psicóloga sem fronteiras

91
0

Em O humano do mundo, a psicóloga gaúcha Débora Noal compartilha suas experiências de trabalho junto à maior organização médica de emergência do mundo, Médicos Sem Fronteiras. Débora descreve sua rotina, medos e dores de trabalhar nos lugares mais remotos, perigosos e “esquecidos” do planeta.

“Debora nega radicalmente as fronteiras, qualquer fronteira que não seja a do respeito pela dignidade da vida. O mundo inteiro é sua casa e também sua família. (…) O que você lerá a seguir é palavra encarnada. E cabe a cada um a escolha de derrubar as fronteiras que o apartam dos mundos.”

Débora percebeu, ainda muito cedo, que a vida pode ser muitas coisas, entre elas, incoerente. Há pessoas que tem muito. E há pessoas que não tem quase nada… ou nada. Como os haitianos, após os terremotos. Como os congoleses, que vivem na miséria e sobrevivem a uma guerra civil sem prazo de validade. Como as milhares de pessoas “presas” nos campos de refugiados da Líbia. Ou como as mulheres: violentadas em qualquer região do planeta, em qualquer época e em qualquer idade.

Formou-se no sul do Brasil, migrou para o nordeste e, em 2008, partiu para o seu primeiro projeto junto a MSF: Gonaïves, no Haiti, após a cidade ter sido destruída por um ciclone. Depois, viriam: uma urgência nutricional na Guiné, um conflito armado na República Democrática do Congo, um terremoto no Haiti, outro conflito armado no Congo e o início da Primavera Árabe na Líbia.

Em apenas seis anos, Débora esteve em 15 diferentes projetos, por oito países. Voltou ao Brasil, pausando sua carreira em uma das organizações de maior credibilidade do mundo para pensar sobre seu trabalho e construir novas formas de cuidar do humano do mundo. Hoje, Doutoranda e m Estratégias de Gestão de Saúde Pública em Desastres pela Universidade de Brasília, é um dos principais nomes no país sobre causas humanitárias e áreas de conflito.

Este diário, transformado em livro, lhe dará a exata sensação e o sentimento que é estar em uma terra arrasada. Um mundo onde encontramos o ser humano em sua forma mais fragilizada seja por motivos climáticos ou pela irracionalidade da guerra.

Neste texto, Débora compartilha com os leitores experiências íntimas dessa escolha profissional e suas vivências mais profundas, momentos de dor, conquistas e alegrias. Mais que um livro, “O Humano do Mundo” é uma viagem guiada não só pela Terra, mas pra dentro de cada um nós. Uma viagem com muitas escalas até aquilo nos torna HUMANOS.

Splash: 2% do valor líquido da venda deste livro será revertido para Médicos Sem Fronteiras.

 Ficha técnica

Categoria: não-ficção

ISBN: 978-85-8246-601-8

Preço sugerido: R$ 39,90

Formato: 16x23cm

Páginas: 256 páginas

Edição:

Sobre a autora

Débora nasceu em 1981, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul. Um dia após receber seu diploma de psicóloga, colocou uma mochila nas costas e de lá seguiu para encontrar o humano do mundo. A primeira parada aconteceu em 2005, no Nordeste do Brasil. Pouco tempo depois, começou a trabalhar com a organização humanitária internacional Médicos Sem Fronteiras (MSF), e lá permaneceu até 2014. Em 2011, recebeu o Prêmio João Canuto, concedido a “pessoas que, de alguma maneira, contribuíram para a luta pelos direitos humanos” e, no ano de 2013, recebeu a Medalha Sergio Vieira de Mello, “pelos serviços de excepcional relevância na área da assistência humanitária.

 Sobre a Astral Cultural

A Astral Cultural é a editora de livros do Grupo Alto Astral, fundado há 31 anos e atualmente o segundo maior publicador de revistas do Brasil. O selo Astral Cultural foi criado em meados de 2015 e já lançou vários best-sellers. Em 2016, a editora recebeu o prêmio Avena Publishnews pelo terceiro livro mais vendido daquele ano: 144 mil cópias de Vivendo uma vida Autêntica, do youtuber AuthenticGames.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here