Início Notícias Microsoft apresentou ALi, o Assistente Literário Inteligente, na Bienal Internacional do Livro...

Microsoft apresentou ALi, o Assistente Literário Inteligente, na Bienal Internacional do Livro de SP

43
0

Em sua primeira participação na Bienal Internacional do Livro de São Paulo, que acontecou de 3 a 12 de agosto, a Microsoft apresentou experiências que reforçam o compromisso com a transformação digital para a educação e com a democratização da Inteligência Artificial (IA). Uma dessas experiências é o ALi, um Assistente Literário Inteligente, que irá interagir com o público e responder perguntas sobre a nova obra do escritor Mario Sérgio Cortella com o cartunista Mauricio de Sousa, o “Vamos Pensar + Um Pouco?”.

Criado com base em recursos de Inteligência Artificial da Microsoft, o ALi estará acessível por meio de um totem da Apek¸ fornecedora de tecnologia touchscreen de sensoriamento óptico, capaz de identificar pessoas e objetos. A aplicação baseada em IA responderá perguntas e curiosidades dos visitantes referentes ao livro como, por exemplo, informações sobre os autores, principais temas, autores citados e termos curiosos mencionados. A experiência com o assistente literário tem classificação livre para todos os públicos e estará disponível gratuitamente para visitantes da Bienal.

Unindo IA ao universo da literatura, a aplicação é um convite para que todos os visitantes da Bienal possam experimentar uma interação com Inteligência Artificial na prática, compreendendo como funciona uma tecnologia que está cada vez mais presente no nosso dia a dia por meio de diversos recursos.

“A Microsoft assumiu o compromisso de democratizar a Inteligência Artificial, e experiências como o Assistente Literário Inteligente são fundamentais pois mostram ao grande público que a IA já é uma realidade e pode transformar muitas atividades do nosso dia a dia, como por exemplo a forma como interagimos com um livro”, afirma Daniel Maia, gerente de programas acadêmicos da Microsoft Brasil. “Esse potencial pode ser explorado de muitas formas no contexto educacional, ajudando a tornar a realidade de professores e alunos muito mais produtiva, dinâmica e interativa, melhorando os resultados de aprendizagem”, diz.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here