Início Notícias Especialistas debatem educação de jovens para economia digital

Especialistas debatem educação de jovens para economia digital

Conrado Schlochauer, da Singularity University, abre o Seminário ConheCER 2018 com palestra sobre os desafios do novo mundo da aprendizagem

33
0

Com as novas tecnologias digitais transformando a economia e criando novas oportunidades de carreiras, é importante debater o desafio de educar jovens para a nova economia digital. E para discutir a criação de uma cultura empreendedora desde a escola, teve início nesta terça-feira (14), em Maceió (AL), o Seminário ConheCER 2018. Até quinta-feira (16), o maior evento de educação empreendedora do país, reunirá especialistas internacionais e experiências de sucesso de pedagogia para empreendedores.

De acordo com Heloisa Menezes, diretora técnica do Sebrae, o seminário contribui para a formação de educadores capazes de transformar alunos em empreendedores com as competências necessárias para mudar a sua realidade. “O ConheCER é uma peça fundamental do nosso empreendedorismo que transforma, que é um dos propósitos do Sebrae. O Sistema Sebrae acredita firmemente que é por meio do empreendedorismo e da educação que se transforma o país. Por meio deles, do empreendedorismo e da educação, é que chegamos a um desenvolvimento em que é possível promover inclusão social e produtiva, além de gerar inovação. Por isso, é importante ressaltar que é possível ensinar criatividade e atitude empreendedora na escola”, afirmou Heloisa Menezes.

A proposta do seminário é fomentar discussões e reflexões sobre as diversas possibilidades de integração do ensino on e off a partir da educação empreendedora. Marcos Vieira, diretor superintende do Sebrae em Alagoas, destacou a importância do estado receber um evento como o ConheCER 2018. “Receber esse seminário internacional em Alagoas é uma grande oportunidade para discutirmos formas de introduzir e melhorar o nosso ensino em educação empreendedora, ou seja, estimular os jovens para que se tornem pessoas empreendedoras e que possam ser definidoras dos próprios destinos, bons profissionais e que superem os obstáculos em suas vidas. Mas, vale ressaltar também, que empreender não é só abrir um negócio. O Sebrae trabalha para o fortalecimento de micro e pequenas empresas, mas o empreendedor pode ser qualquer pessoa e é isso que vamos discutir e passar durante esses três dias de evento”, frisou o superintendente.

Aprendizagem exponencial

Iniciando a programação, a noite de abertura do seminário contou com a palestra ‘Aprendizagem exponencial e o novo mundo da educação’, ministrada por Conrado Schlochauer, embaixador do Chapter São Paulo da “Singularity University”. Na oportunidade, Schlochauer afirmou que estamos experimentando uma mudança na educação e que ela não é causada apenas pelo uso de novas tecnologias no setor, mas também por uma nova cultura de aprendizado que está surgindo.

“As pessoas não estão entendendo o que está acontecendo e essa busca está gerando novas formas de disseminação de conhecimento. O aprendizado é explicitar conhecimento por meio de performance melhorada. Tem de atacar um problema e melhorar. E o modelo é de dar conteúdo da melhor maneira possível”, diz Schlochauer. Ainda de acordo com o especialista, existe um desafio nesse processo de aprendizagem. Para ele, é preciso identificar alternativas à oferta de conteúdo na expectativa de que um dia ele será útil aos estudantes. Se não for utilizado no momento, dificilmente será utilizado daqui a dois anos, pois todo dia aparece algo novo.

“Sempre faço questão de falar que aprender é diferente de adquirir conhecimento. Não dá para competir com a internet e as redes em oferta de conhecimento. As pessoas não buscam educação, elas estão buscando aprendizado e confesso que valorizo bastante essa tentativa. O que chamamos de inovação aberta, trazer faculdade, montar uma aceleradora são iniciativas válidas, mas não podemos esquecer de que tem uma cultura, um processo, uma forma comercial que se você vai fazer a transformação você precisa estar nela também”, concluiu o palestrante.

Programação

Além das palestras e debates, envolvendo especialistas nacionais e internacionais, o seminário também contará com oficinas no terceiro dia. O evento é uma iniciativa do Sebrae Nacional, Sebrae em Alagoas e Sebrae em Minas Gerais para discutir ações desenvolvidas no Brasil e no mundo, tendo em vista a construção de uma pedagogia que contribua com a difusão da cultura do empreendedorismo,

Prestigiando o evento, estava Marta Lima, estudante de Design de Interiores, do Instituto Federal de Alagoas (IFAL).  Ela afirmou que suas expectativas em relação ao seminário são as melhores possíveis e frisou que é uma grande oportunidade para Alagoas receber o maior evento de educação empreendedora do país. “Assim que eu soube do evento, não pensei duas vezes e fiz minha inscrição, porque eu me identifico bastante com a área da educação e pretendo lecionar futuramente. Então, preciso já caminhar na busca por mais conhecimento e não tem oportunidade melhor que essa, aprender e ouvir especialistas nacionais e internacionais. É uma iniciativa muito boa do Sebrae promover esse tipo de debate e discussão sobre a educação empreendedora”, concluiu a estudante.

CidadeMarketing com informações do SEBRAE.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here