Início Artigos Sandra Turchi 4 formas de gerenciar redes sociais corporativas

4 formas de gerenciar redes sociais corporativas

12
0

As redes sociais foram além do pessoal e passaram também a ser uma ferramenta para uso das empresas, que buscam mais engajamento de seus públicos e proximidade. Acontece que a dinâmica das redes sociais é muito diferente da comunicação a que as empresas estão acostumadas, então é preciso saber como gerenciá-las a fim de ter o sucesso almejado.  A Linguagem, tipo de conteúdo e indicadores de desempenho são alguns dos pontos que vamos abordar ao longo deste post, dando a você o panorama das principais redes sociais e como torná-las suas aliadas.

 

Público
Cada rede social possui um público específico, que se identifica com a plataforma e a utiliza mais do que outras.
Facebook: público diverso, que busca contatos de acordo com hábitos e costumes. Você pode utilizar essa rede social para gerar maior engajamento por meio de postagens que agreguem valor às pessoas. É considerada uma rede de massa, pois hoje tem no Brasil quase 90 milhões de usuários, mas mesmo assim é possível fazer várias segmentações bem definidas.
Twitter: público mais intelectualizado, que está em busca de informação rápida e importante. Utilize esta rede social para manter o seu público atualizado sobre novidades a respeito da sua empresa, como o lançamento de um novo produto, eventos, cursos, novidades, entre outros.
Linkedin: esta rede social corporativa é mais voltada para profissionais que desejam estabelecer contatos e alçar novas oportunidades no mercado de trabalho, assim como estabelecer um networking mais efetivo. Utilize-a para recrutamento e seleção de profissionais e para abordar temas de interesse do mercado como um todo.

 

Conteúdo
O conteúdo a ser disponibilizado nas suas redes sociais deve estar de acordo com o planejamento estratégico da empresa e também com o público que você deseja atingir.
Facebook: disponibilize conteúdos diversos, mas que chamem a atenção do leitor para uma ação, como clicar num link, comentar algum post ou curtir uma página. Utilize vídeos, imagens e textos, isolados ou combinados.
Twitter: 140 caracteres são algo fácil de criar, mas é preciso ir além para conquistar o internauta em poucas palavras. Crie chamadas criativas, faça perguntas e convide as pessoas para clicarem no link disponibilizado. No Twitter você deve ser super objetivo, interessante e informativo.
Linkedin: Participe de fóruns e debates em grupos específicos, poste conteúdos relevantes e compartilhe conhecimento alinhado ao seu negócio, por exemplo, se você trabalha com marketing digital, fale sobre estratégias, táticas, o mercado, enfim, mostre que você é um especialista no assunto.

 

KPIs
Os famosos KPIs – Key Performance Indicators nada mais são do que os indicadores de desempenho das suas estratégias de comunicação nas redes sociais corporativas. Você pode criar ferramentas próprias ou utilizar outras disponíveis, como Google Analytics, que vão te auxiliar na hora de verificar o que está dando certo e o que pode ser melhorado.

 

Relacionamento
O principal objetivo de uma rede social é sempre o relacionamento, o qual a empresa deve nutrir sempre. A omissão ou descaso pode refletir negativamente na imagem de sua marca, e consequentemente, em seus serviços/produtos.
A gestão de redes sociais corporativas é a melhor estratégia para que os seus investimentos nestas ferramentas gerem resultados e receita. Pode-se começar seguindo os passos de segmentar o público, definir as redes sociais, criar conteúdos relevantes e monitorar o desempenho do seu trabalho. Tornando isso uma prática, além de acompanhar qualquer alteração que possa surgir na rede com relação à sua marca, você garante que seu trabalho está evoluindo e superando barreiras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here