Início Artigos Marcos Hashimoto Mais 10 lições para empreender

Mais 10 lições para empreender

8
0

Continuando meu artigo publicado aqui, reuni mais algumas dicas dadas por empreendedores bem sucedidos para quem vai está começando sua jornada empreendedora:

 

11) Pare para afiar o machado. A pausa é importante para darmos chance ao cérebro reorganizar-se para rever como as coisas estão sendo feitas. Quando estamos com um problema de difícil resolução, a concentração e foco podem ser prejudiciais à busca por uma solução mais adequada porque quanto mais imersos estivermos na situação menos possibilidades enxergamos. Precisamos sair do contexto do problema para permitir nossa mente fazer novas conexões. Procure se lembrar, as suas melhores ideias não surgiram no meio da noite, durante uma caminhada ou debaixo do chuveiro?

 

12) Toda diversidade é bem vinda. Ao montar uma equipe de trabalho, procure reunir pessoas diferentes, em termos de formação, linhas de raciocínio, origem cultural e étnica, características pessoais, crenças e valores. A diversidade é importante nos grupos porque aumenta as chances de discussão e debate em torno de um tema relevante. Quando todos num grupo são muito alinhados e pensam sempre do mesmo jeito, é provável que todos concordem com proposições e soluções com rapidez e unanimidade. Nem sempre são as melhores soluções. Equipes diversificadas dão margem a conflitos e eles são bem vindos porque suscitam a necessidade de se discutir com mais profundidade propostas e assegurar-se que pontos de vista distintos foram considerados.

 

13) Amplie seus limites. Abomine o ‘não consigo’ de seu vocabulário. Na maioria das vezes, nós mesmos impomos nossos limites. Nós podemos muito mais do que acreditamos, só não temos coragem de tentar. Muitos sequer conhecem seus próprios limites, quanto mais saber que podem ser superados. Você se surpreenderá com o que consegue fazer. Descubra até onde pode ir, e chegando lá, tente ir um passo a mais. Precisamos aprender a calar aquela vozinha que fica repetindo o tempo todo na nossa cabeça: ‘Você não vai conseguir!’

 

14) Não espere que as coisas caiam do céu. Os maiores empreendedores foram atrás de seus sonhos. Não se limitaram a esperar que a situação ficasse totalmente adequada, não esperaram até que tivessem todas as condições e recursos plenos e nem paralisaram diante das negativas e limitações. Se você espera que algo seja feito. Faça! Tenha iniciativa!

 

15) Aprenda sempre. O auto-desenvolvimento está ao alcance de todos, em todos os momentos. Não ache que as pessoas só se desenvolvem em cursos e treinamentos. O empreendedor se desenvolve em qualquer lugar, em qualquer circunstância. Na leitura de livros, no bate-papo no almoço, nos comunicados internos, lendo revistas e jornais, conversando com profissionais experientes, no uso de tecnologias, conhecendo novos lugares. Aproveite todas as oportunidades para aprender mais sobre tudo.

 

16) Conheça o negócio da sua empresa. Não basta conhecer bem sua atividade. Um especialista técnico não é um empreendedor. É preciso conhecer bem seu setor de atuação, seu mercado, seu negócio. Não há necessidade de ser um especialista em tudo, mas um conhecimento generalista para ter uma ideia de todos os componentes da dinâmica que faz o seu negócio funcionar é fundamental e o mínimo para poder tomar decisões estratégicas.

 

17) Cometa erros. Todo erro ou falha é, para o empreendedor, uma chance para aprender. Muitos aprendizados só acontecem pela tentativa e experiência, não na teoria. Deixe-se levar pelo espírito da aventura. Assuma os riscos inerentes a este tipo de aprendizado. Um bom erro é aquele que o leva a conclusões sobre o que poderá ser feito diferente na próxima vez. Um mal erro é aquele em que não se tira nenhuma lição e é passível de ser cometido novamente.

 

18) Cuidado com a rotina. Não se acostume a fazer sempre as mesmas coisas como sempre foram feitas. Quando você se acostuma com as rotinas não consegue ver o que realmente importa, perde a eficácia, a visão crítica e não percebe que se pode chegar a resultados melhores quando questionamos as coisas como são feitas. Sempre tem um jeito melhor de se atingir os mesmos resultados.

 

19) Questione tudo, nada é sagrado. As maiores inovações vieram de quem teve a coragem de perguntar ‘porque isso nunca foi feito antes?’. O mundo muda, o contexto sob o qual certas coisas foram criadas e certos hábitos adquiridos mudam o tempo todo, fazendo com que novas possibilidades se abram e surjam os espaços para fazer diferente, trazendo inovações que abrem oportunidades de novos negócios.

 

20) Promova o auto-conhecimento. Descubra suas principais competências e suas fraquezas. Com este conhecimento você é capaz de explorar melhor suas virtudes e tirar melhor proveito delas para aproveitar oportunidades, assim como sabe também em que circunstâncias é recomendável ir com alguém que o complemente em seus pontos fracos. Quanto melhor você se conhece, menos riscos corre.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here