Início Artigos Marcos Hashimoto Por quê temos que ser criativos?

Por quê temos que ser criativos?

Não há dúvidas que esta é uma das características do perfil empreendedor.

7
0

Esta é uma pergunta que muitas pessoas me fazem. A maioria delas acredita que a criatividade é um dom necessário apenas para os publicitários, artistas e outros profissionais que precisam lidar freqüentemente com a inovação. Esta é uma confusão muito freqüente que professor Edward de Bono, autor de ‘Criatividade levada a sério’ cita como um dos mitos da criatividade e consiste na percepção equivocada de que criatividade tem a ver com arte e portanto os artistas são as pessoas mais indicadas para lidar com o ensino da criatividade. De Bono se refere à criatividade como a mudança de conceitos e percepções, como uma forma de pensamento lateral que nem todos os artistas possuem. Aliás, pelo contrário, muitos artistas acabam se apegando a um único estilo e não são flexíveis para incorporar outras possibilidades de expressão.

 

Como eu venho falando muito sobre criatividade nos negócios, é comum a dúvida sobre a necessidade de ser criativo no trabalho quando a maior parte das nossas responsabilidades não exige o pensamento criativo.

 

Será?

 

Não há dúvidas que esta é uma das características do perfil empreendedor. Entre a idéia e um negócio estruturado, há um longo caminho que exigirá do empreendedor toda a sua capacidade de adaptação e flexibilidade para lidar com as variáveis e surpresas que interporão no seu caminho. O empreendedor está sempre trabalhando com recursos bastante limitados. Pouco tempo, pouco dinheiro, poucas pessoas, pequena estrutura, pouco espaço… A sua capacidade criativa é determinante para a resolução destes problemas e para a improvisação de soluções quando da falta de recursos.

 

Mas a criatividade também é exigida no nosso dia-a-dia não-empreendedor. Na maioria das vezes, a criatividade não é expressa para criar arroubos inventivos de produtos com tecnologia revolucionária e totalmente inovadora. De Bono diz que a criatividade mais importante é a que acontece em pequenos saltos, pequenas mudanças e melhorias que possuem na sua simplicidade a essência do pensamento criativo.

Você precisa ser criativo no trabalho…
… para resolver algum problema de difícil solução, que exige a busca de um número maior de alternativas do que as soluções tradicionais.
… para atender a uma necessidade específica do cliente que está fora do escopo da empresa
… para pensar nas perguntas numa entrevista com um candidato a emprego
… para preparar uma apresentação de um trabalho para a diretoria
… para justificar a não entrega de um relatório no prazo
… para convencer os colegas a te ajudar em alguma tarefa
… para incentivar sua equipe a fazer algo que eles não querem, sem forçá-los
… para identificar oportunidades de melhoria em alguma atividade ou processo
… para achar argumentos para negociar melhores contratos com os fornecedores e parceiros
… para explorar melhor o potencial das pessoas da sua equipe

… para passar o tempo durante uma reunião chata

 

Você precisa ser criativo na sua vida…
… para escolher um presente de aniversário diferente para um amigo próximo
… para encontrar alguma saída para sair de um congestionamento, seja alguma forma de contornar o trânsito, algum caminho diferente ou até mudar o destino
… para se livrar da obrigação de visitar a sogra no domingo
… para escolher os argumentos de pesquisa no Google ou no Yahoo de forma a aumentar as chances de você encontrar exatamente o que procura na rede
… para levantar argumentos veementes e inquestionáveis ao defender um ponto de vista durante uma conversa com amigos, ou para vender uma idéia para outras pessoas
… para surpreender o adversário no futebol, através de uma jogada inesperada
… para convencer o guarda a não reter o seu carro por falta de documentação em dia
… para escolher um programa legal para o fim de semana
… para convencer o vendedor a lhe conceder um bom desconto em uma compra que você esteja fazendo
… para chamar a atenção de uma garota (ou um garoto) que você esteja querendo impressionar

… para escrever alguma coisa interessante na coluna da Você S/A a cada quinze dias.

 

O pensamento criativo, enfim, deve ser usado em todas as circunstâncias e momentos para ampliar o leque de possibilidades e alternativas de ação de forma a se diferenciar dos demais. Ser criativo, portanto, não é necessário. Muita gente se vira muito bem sem ser criativo. Mas a criatividade ajuda as pessoas a se destacarem da multidão. Ao desenvolver sua capacidade criativa, você se coloca num patamar acima dos outros. Enquanto todos estudam as situações para conseguir identificar ‘o que é’, os criativos se desvencilham das situações para conseguir identificar ‘o que pode ser’. De que lado você quer estar?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here