Esqueci minha senha
Não sou cadastrado
Seja um Membro
 
 
 
publicidade
 
 
 
 
13/03/2018 - 20h20

Livraria Cultura promove debate sobre Fake News

As fake news (notícias falsas) tornaram-se um neologismo nos dias atuais, indicando notícias fabricadas, sem compromisso com a veracidade.
Thales Brandão

CidadeMarketing

ALTERA O
TAMANHO DA LETRA

A Livraria Cultura, em parceria com o site Catraca Livre, promove no dia 15 de março, quinta-feira, às 17h30, o debate "Como combater as fake news", com os filósofos Mario Sergio Cortella e Pablo Orellado, os jornalistas Leonardo Sakamoto e Gilberto Dimenstein. O evento acontece no Teatro Eva Herz da Livraria Cultura do Conjunto Nacional, em São Paulo (SP). Para acompanhar e participar do debate, serão distribuídas senhas ao público uma hora antes do evento, na entrada do teatro, na própria Livraria. As senhas (uma por pessoa) são limitadas e serão disponibilizadas de acordo com a lotação do espaço.


As fake news (notícias falsas) tornaram-se um neologismo nos dias atuais, indicando notícias fabricadas, sem compromisso com a veracidade e, em geral, com intuito desestabilizador. Surgiram na imprensa tradicional, mas ganharam amplitude na mídia online através das redes sociais. Segundo definição da Wikipédia, fake news são "um tipo de imprensa marrom que consiste na distribuição deliberada de desinformação ou boatos via jornal impresso, televisão, rádio, ou ainda online, como nas mídias sociais."
Está em curso no Congresso Nacional um debate em torno de um projeto de lei que tenta regulamentar o que cidadãos podem ou não dizer na internet, especialmente com relação a políticos e pessoas públicas. Trata-se de um tema extremamente importante num ano eleitoral, como o que o Brasil começa a atravessar.


Confira abaixo o perfil dos participantes:
Gilberto Dimenstein é jornalista e educador. Criador do portal Catraca Livre, foi comentarista da Rádio CBN e colunista da Folha de S.Paulo por 28 anos. Ganhou o Prêmio Nacional de Direitos Humanos e o Prêmio Criança e Paz, da Unicef. Também é detentor do Prêmio Jabuti, em 1993, como melhor livro de não-ficção, com a obra "Cidadão de Papel".

Mario Sergio Cortella é filósofo e escritor. Mestre e Doutor em educação, o professor lecionou na PUC-SP por 35 anos. Foi secretário municipal de Educação de São Paulo (1991-1992) e assessor especial e chefe de gabinete do professor e pedagogo Paulo Freire. Comentarista da Rádio CBN e da TV Cultura, é autor de mais de trinta livros com edições no Brasil e exterior, entre eles o recente "A sorte segue a coragem! Oportunidades, competências e tempos de vida".
Leonardo Sakamoto é jornalista e doutor em Ciência Política pela Universidade de São Paulo. Cobriu conflitos armados em diversos países e o desrespeito aos direitos humanos no Brasil. Professor de Jornalismo na PUC-SP, foi pesquisador visitante do Departamento de Política da New School, em Nova York (2015-2016), e professor de Jornalismo na ECA-USP (2000-2002). É diretor da ONG Repórter Brasil e conselheiro do Fundo das Nações Unidas para Formas Contemporâneas de Escravidão.
Pablo Ortellado é professor do curso de Gestão de Políticas Públicas da USP; tem mestrado e doutorado em filosofia. É colunista na Folha de S.Paulo. Em 2016, fundou no Facebook o Monitor do Debate Político no Meio Digital, uma ferramenta que acompanha a postagem e compartilhamento de conteúdos em páginas de centenas de veículos jornalísticos ou ligados a movimentos sociais.

 


 ANÚNCIO

 

 

 



 
Comentários
 
 


 
Não consegue ler? Gere um novo aqui

 
publicidade
 

 
MARKETING - 17/06 | 20h21
Veja todas as notícias
publicidade
 
 
 
 
 
 
 


www.joww.net | Johnatan Oliveira