Thales Brandão
É formado em administração com ênfase em marketing pela Faculdade de Sergipe, possui MBA Executivo em Administração com ênfase em Marketing pel...
ver biografia completa
 
Acesse os últimos posts desse blog.
[ 30/06/2014 | 09h 10 ]
O fim do Orkut
 
Visite outros blogs do CidadeMarketing
 
 
 
 
publicidade
 
 
 
15/03/2012- 12h38

Procon divulga ranking das 50 empresas mais reclamadas em 2011

Bradesco liderou ranking de reclamações fundamentadas do Procon SP em 2011
Thales Brandão

CidadeMarketing

A secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania Estado de São Paulo, Eloisa de Sousa Arruda, e o diretor - executivo do Procon-SP, Paulo Arthur Lencioni Góes apresentaram nesta terça-feira, 15 de março - "Dia Internacional dos Direitos do Consumidor" - o Cadastro de Reclamações Fundamentadas em 2011.  O grupo Bradesco liderou o ranking das empresas mais reclamadas ao Procon-SP, seguido pela B2W - empresa responsável pelos sites de e-commerce Americanas.com, Submarino e Shoptime, Itaú Unibanco, LG e TIM. A lista contém apenas reclamações fundamentadas, ou seja, demandas de consumidores que não foram solucionadas, sendo necessária a abertura de processo administrativo para serem trabalhadas pelo órgão junto aos fornecedores.

 

Veja o ranking das 50 empresas mais reclamadas aqui

 

A divulgação do Cadastro Anual de Reclamações Fundamentadas atende o artigo 44, do Código de Defesa do Consumidor, que determina:

 

"Os órgãos públicos de defesa do consumidor manterão cadastros atualizados de reclamações fundamentadas contra fornecedores de produtos e serviços, devendo divulgá-lo pública e anualmente. A divulgação indicará se a reclamação foi atendida ou não pelo fornecedor".  O Cadastro auxilia o consumidor antes de efetuar uma compra ou contratar um serviço, já que ele poderá pesquisar se a empresa a ser contratada para o serviço ou o estabelecimento em que ele efetuará a compra possui ou não reclamação registrada na Fundação de Proteção de Defesa Consumidor e se atende às demandas.

 

Setores

Em 2011 a área de produtos (móveis, eletrônicos e vestuário, dentre outros) foi a que registrou maior número de reclamações fundamentadas (37%); seguida por assuntos financeiros (bancos, seguradoras, financeiras) com 28% e serviços essenciais (telecomunicações e energia elétrica, saneamento básico, dentre outros), com 17%.

O destaque foram os atendimentos em relação às compras feitas pela internet, incluindo sites de compras coletivas. Em comparação a 2010, houve aumento de 86% das queixas, principalmente sobre a falta de entrega e defeitos nos produtos adquiridos.

 

Atendimentos

O total de atendimentos para consultas, orientações e queixas no ano passado pelo Procon-SP foi de 727.229, aumento de 15% em relação ao registrado em 2010. Deste total, apenas 33.401 (4,59%) transformaram-se em reclamações fundamentadas. Os atendimentos geraram 137.694 encaminhamentos da Carta de Informação Preliminar (CIP) ao fornecedor. Nesta fase preliminar 76% dos casos foram solucionados.


Veja o Cadastro de Reclamações Fundamentadas de 2011:

 

Ranking on line

Além da divulgação do Cadastro de Reclamações Fundamentadas, o Procon-SP lançou o ranking on line das 30 empresas que mais geram queixas ao órgão. A lista, iniciada em 1º de janeiro de 2012 será atualizada diariamente e estará disponível no site www.procon.sp.gov.br, indicando também as irregularidades e o índice de solução dos fornecedores aos casos reclamados. Para acessar o ranking on line click aqui.



Confira o RSS deste Blog
Envie
Comentários
 
HISTÓRICO
2009: Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez 2010: Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez 2011: Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez 2012: Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez 2013: Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez 2014: Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez
publicidade
 
 
publicidade
 
 
 
 
 
 


www.joww.net | Johnatan Oliveira