Thales Brandão
É formado em administração com ênfase em marketing pela Faculdade de Sergipe, possui MBA Executivo em Administração com ênfase em Marketing pel...
ver biografia completa
 
Acesse os últimos posts desse blog.
 
Visite outros blogs do CidadeMarketing
 
 
 
 
publicidade
 
 
 
15/03/2012- 12h38

Procon divulga ranking das 50 empresas mais reclamadas em 2011

Bradesco liderou ranking de reclamações fundamentadas do Procon SP em 2011
Thales Brandão

CidadeMarketing

A secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania Estado de São Paulo, Eloisa de Sousa Arruda, e o diretor - executivo do Procon-SP, Paulo Arthur Lencioni Góes apresentaram nesta terça-feira, 15 de março - "Dia Internacional dos Direitos do Consumidor" - o Cadastro de Reclamações Fundamentadas em 2011.  O grupo Bradesco liderou o ranking das empresas mais reclamadas ao Procon-SP, seguido pela B2W - empresa responsável pelos sites de e-commerce Americanas.com, Submarino e Shoptime, Itaú Unibanco, LG e TIM. A lista contém apenas reclamações fundamentadas, ou seja, demandas de consumidores que não foram solucionadas, sendo necessária a abertura de processo administrativo para serem trabalhadas pelo órgão junto aos fornecedores.

 

Veja o ranking das 50 empresas mais reclamadas aqui

 

A divulgação do Cadastro Anual de Reclamações Fundamentadas atende o artigo 44, do Código de Defesa do Consumidor, que determina:

 

"Os órgãos públicos de defesa do consumidor manterão cadastros atualizados de reclamações fundamentadas contra fornecedores de produtos e serviços, devendo divulgá-lo pública e anualmente. A divulgação indicará se a reclamação foi atendida ou não pelo fornecedor".  O Cadastro auxilia o consumidor antes de efetuar uma compra ou contratar um serviço, já que ele poderá pesquisar se a empresa a ser contratada para o serviço ou o estabelecimento em que ele efetuará a compra possui ou não reclamação registrada na Fundação de Proteção de Defesa Consumidor e se atende às demandas.

 

Setores

Em 2011 a área de produtos (móveis, eletrônicos e vestuário, dentre outros) foi a que registrou maior número de reclamações fundamentadas (37%); seguida por assuntos financeiros (bancos, seguradoras, financeiras) com 28% e serviços essenciais (telecomunicações e energia elétrica, saneamento básico, dentre outros), com 17%.

O destaque foram os atendimentos em relação às compras feitas pela internet, incluindo sites de compras coletivas. Em comparação a 2010, houve aumento de 86% das queixas, principalmente sobre a falta de entrega e defeitos nos produtos adquiridos.

 

Atendimentos

O total de atendimentos para consultas, orientações e queixas no ano passado pelo Procon-SP foi de 727.229, aumento de 15% em relação ao registrado em 2010. Deste total, apenas 33.401 (4,59%) transformaram-se em reclamações fundamentadas. Os atendimentos geraram 137.694 encaminhamentos da Carta de Informação Preliminar (CIP) ao fornecedor. Nesta fase preliminar 76% dos casos foram solucionados.


Veja o Cadastro de Reclamações Fundamentadas de 2011:

 

Ranking on line

Além da divulgação do Cadastro de Reclamações Fundamentadas, o Procon-SP lançou o ranking on line das 30 empresas que mais geram queixas ao órgão. A lista, iniciada em 1º de janeiro de 2012 será atualizada diariamente e estará disponível no site www.procon.sp.gov.br, indicando também as irregularidades e o índice de solução dos fornecedores aos casos reclamados. Para acessar o ranking on line click aqui.



Confira o RSS deste Blog
Envie
Comentários
 
HISTÓRICO
2009: Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez 2010: Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez 2011: Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez 2012: Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez 2013: Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez 2014: Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez
publicidade
 
 
publicidade
 
 
 
 
 
 


www.joww.net | Johnatan Oliveira