Esqueci minha senha
Não sou cadastrado
Seja um Membro
 
 
 
publicidade
 
 
 
 
Gabriela Otto
Gabriela Otto
É formada em Comunicação/Relações Públicas pela PUC-RS com pós graduação em Marketing pela ESPM e MBA Executivo pela FAAP-SP. É professora de in company na ESPM e Sócia Diretora da GO Associados - www.gabrielaotto.com, empresa especializada em Marketing Estratégico, Capacitação, Hotelaria & Turismo e Mercado de Luxo, além de responsável pelo blog: http://gabrielaotto.blogspot.com

 
14/03/2014 - 00h17

Perseguição? Não, apenas Remarketing

Depois de falar sobre Big Data, imprescindível falar sobre Remarketing.
ALTERA O
TAMANHO DA LETRA

Sabe aqueles banners que te perseguem onde quer que você acesse? O nome disso é remarketing, considerado por muitos como o futuro da publicidade on-line.  Pois é, mesmo com a sensação que aquela empresa está te perseguindo, o aumento do índice de conversão on-line da marca é comprovado. Por outro lado, muitos usuários passam a odiá-la com todas suas forças. Depois de falar sobre Big Data, imprescindível falar sobre Remarketing. Afinal, após organizar toda a informação disponível, você tem que decidir o que fazer com tudo isso.

Como funciona?

Um cookie é inserido no navegador deste visitante e, ao navegar por outros sites, ele é impactado pela empresa ou produto que mostrou interesse.

Tutorial do Google 
Conexão do Display Network (Google Remarketing) com Analytics 


Porque é interessante?

Viagens não costumam ser compradas por impulso. E as razões são muitas:
• Troca de ideias entre cônjuges antes da compra.
• Devem estar alinhadas com os dias exatos das férias ou o horário de trabalho.
• Pesquisas de outras opções de viagens ou hotéis.
• Aposta na diminuição de preços em outras datas.
• Mais tempo para pensar antes de tomar a decisão de compra.
Por tudo isso, o remarketing é uma excelente maneira de fazer os visitantes retornarem ao seu site quando eles estiverem prontos. Funciona como um lembrete, uma segunda chance.

 

Fonte: www.bookingcounts.com

 


Porque virou sensação?
A promessa de anúncios mais direcionados foi a base do sucesso. Pesquisas mostram que as pessoas não se incomodam tanto com a publicidade se ela for direcionada a elas.
Parece mágica, mas é "Behavioral Retargeting", ou Remarketing. Prova da sua eficiência é que 70% dos clientes impactados por um redirecionamento estarão mais inclinados a comprar do que o restante dos consumidores on-line.

Quem Oferece?
Depois que o Google anunciou que sua plataforma AdWords ofereceria o recurso de remarketing, o termo virou a sensação dos cursos de Marketing Digital.
Em 2013 foi a vez do Facebook se render à novidade, e finalizou a versão Beta do Exchange (FBX). Quem experimentou revela que triplicou o ROI (retorno sobre investimento) da campanha (em comparação a outras plataformas publicitárias) e diminuiu em 30% o custo para aquisição de usuário

 

 

 

Mas se você não quer campanhas sem um pedido de permissão anterior por parte do usuário, tente e-mail direto utilizando o Botão Later.

Esta ferramenta capacita visitantes a agendar um lembrete de e-mail para reservar seu produto/serviço mais tarde. O opt-in é uma técnica comprovada para sua empresa ter uma segunda chance de convencer as pessoas a completar a reserva.


Dicas finais

* Ofereça algum benefício na "segunda chance". Talvez esse seja o empurrãozinho que falta para a decisão de compra.

* Defina o tempo que o cookie de remarketing deve durar. Analise quanto tempo antes as pessoas costumam reservar online, adequando tempo e investimento a isso.

Ah, nem preciso lembrar que tudo isso direcionará o potencial cliente para seu site e ele precisa estar em ótimas condições, não é?!
Boas vendas!

 



Comentários
 


 
Não consegue ler? Gere um novo aqui

 
 
 
Mais artigos
MERCADOLOGIA - 21/03 | 20h51
EMPREENDEDORISMO - 15/03 | 22h14
MERCADOLOGIA - 10/02 | 19h07
Veja mais artigos
 
publicidade

 
publicidade
 
 
 
 
 
 
 


www.joww.net | Johnatan Oliveira